Vinde A Mim A Inocência, O Caminho Para A Superconsciência

O mundo anda bastante complicado. É como a maioria das pessoas o percebe.

O tempo todo, a TV, os jornais, a Internet e a mídia em geral pedem que você envelheça, se torne amargo, que cultive as rugas de preocupação.

Preocupar-se é encher sua cabeça com tudo o que não será. E isto te transforma em um adulto ranheta ou em um velho ranzinza.

99% das suas preocupações são pensamentos que foram plantados em você. E nunca acontecerão.

 Jesus, aquele cara que possuia um conhecimento superior em uma época de mentes mais restritas que a nossa, sabia disto.

Ele já previa o fim do Aeon, não o fim do mundo, mas o fim de uma era de ignorância e desconhecimento.

Em sua vasta sabedoria, ele sabia que esta “abertura” se daria quando a luz do conhecimento se tornasse mais forte.

Esta época chegou!

A quantidade de luz disponível é muito maior agora.

Isto tem um lado negativo, como tudo. Muita gente tem ficado doente, confusa, entrado em colapso, se sentindo perdida, porque não desenvolveu a capacidade de absorvê-la.

Não é o mundo que está complicado. É a falta da capacidade de perceber o avanço da consciência humana proporcionada por esta maior “iluminação” disponível.

As antenas da maioria das pessoas são pequenas.

Hoje conseguimos perceber e entender coisas que não víamos ou compreendíamos antes.

E o que isto pode causar às mentes que não despertam para a iluminação?

Esta abertura pode ser comparada a sair ao sol depois de passar muitos anos dentro de uma caverna escura.

Muitos preferem continuar na caverna, ignorantes, deixando-se levar por aqueles que querem mantê-los ali.

O engraçado é que se julgam adultos, maduros, mas não passam de mentes assustadas, engolidas pela violência, pela barbárie cotidiana transmitida diariamente para suas telonas e telinhas embutidas na sala, no quarto e nas palmas de suas mãos.

A receita para sair à luz sem se ofuscar está em recuperar a inocência de criança.

Não a de uma criança no sentido literal do termo, mas a mente inocente que já passou por muita coisa na vida e mesmo assim se manteve pura.

Ser criança é manter-se inocente apesar de tudo.

A inocência desenvolvida é tolerante e sabe que o mundo caminha para a unidade na diversidade.

Ela utiliza o conjunto mental e não se prende apenas ao hemisfério da razão ou da emoção, da Ciência ou da Religião.

Razão é foco. Emoção é amplitude. Precisamos de ambas. E ainda necessitamos ainda mais da Intuição, aquele sentido que nos conecta com Algo bem maior.

Apenas quem desenvolve esta capacidade é capaz de entrar no “Reino dos Céus”, um estado de Consciência Elevada.

Não se permita ser enganado por aqueles que pregam que este reino é uma condição futura, depois da morte. Este lugar é aqui e agora.

Inocência é a palavra-chave para acessar este Paraíso na Terra.

Ela significa contemplar o todo sem o excesso de julgamentos que o mundo planta em nós.

Ser inocente é ser manso e puro de coração.

Ser inocente é amar a Inteligência do Universo, dos átomos às galáxias, dos animais às pessoas, dos minerais às plantas sobre todas as coisas.

Ser inocente é amar a essência de todos os seres humanos como a tua própria.

Isto é muito propagado sob as mais diversas variantes, no entanto poucos conseguem colocar em prática.

Muitos se acham Deuses (e são), mas raros são aqueles que conseguem perceber a divindade também no outro.

Outros precisam de intermediários para se conectar com esta essência. E acabam não a alcançando, porque ninguém chega à superconsciência (o Pai), se não desenvolver a autoconsciência (o Filho).

“Vinde a mim as criancinhas porque delas é o reino dos céus”.

Reencontre sua pureza, este é o único estado no qual a Superconsciência pode brotar.

Eldes é Escritor. Alguém que vivencia a “iluminação” como um processo e não como um raio na cabeça. Seu objetivo é motivar cada pessoa a trilhar seu caminho rumo ao autoconhecimento e à evolução. Para ele, a chave da iluminação está na união dos conhecimentos científicos, filosóficos e religiosos, o que ele chama de UniScientia. Ele é autor do livro “Como Transcender no Metrô Lotado – O Manual Para Ser Feliz em um Mundo Conturbado”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close